BUSINESS | 5 MINUTOS

6 Tendências que vão Melhorar as suas Vendas

Escrito por Daniel Castilho
Digital Marketing Manager @ GoContact
Linkedin

A forma como trabalhamos tem mudado drasticamente na última década, algo que se aplica a praticamente todos os setores, mas que é especialmente verdade na área das vendas.

Com os avanços na tecnologia, novas tendências começam a moldar e a alterar tanto as estratégias, como a própria forma como as vendas são efetuadas. Aqui ficam algumas destas tendências:

1. Instruir é a nova Norma

O principal foco das abordagens de vendas mais tradicionais é “fechar a venda”. Mais recentemente, assistimos a uma alteração desta abordagem mais tradicional, que se concentra em fechar a venda, para uma abordagem mais proativa, em que a instrução dos clientes passa a ser o ponto principal. As empresas passam literalmente a instruir os seus clientes ao longo do ciclo de vendas. Quando executada da forma certa, a resposta a este tipo de abordagem é muito positiva. Os clientes necessitam deste tipo de orientação e da experiência das empresas, para perceberem como podem vencer com as suas soluções.

2. Transparência

As equipas de vendas têm a reputação de serem uns “fala barato” e isso é um estereótipo que ainda se mantém quando se pensa em vendas. Para combater isto, as empresas têm de optar por uma abordagem mais transparente. Enquanto no passado se poderia tentar enganar ou convencer um potencial cliente a comprar um produto ou serviço, agora começamos a assistir a mais transparência neste diálogo. Começamos a verificar uma nova abordagem que preza um diálogo mais honesto e sincero, quanto aos produtos e serviços da empresa. Existe uma maior preocupação em encontrar o produto ou serviço certo para o cliente, e não em tentar vender constantemente a opção mais cara. Esta abordagem é mais apelativa para o consumidor moderno, mas também está mais em linha com as empresas que têm uma estratégia mais focada no cliente, e cujo principal foco é sempre melhorar os níveis de satisfação e de retenção.

3. Retenção, Retenção, Retenção

Como já foi referido, nas abordagens mais tradicionais fechar a venda era o ponto mais importante. No entanto, hoje em dia, é apenas o primeiro passo. Este modelo de vendas mais recente foca não apenas a obtenção de novos negócios, mas também procura garantir que os clientes estão satisfeitos com o produto ou serviço. Com esta mudança, as empresas têm agora, mais do que nunca, de procurar trabalhar e formar uma relação sólida e pessoal com cada cliente. Este esforço surge no sentido de corresponder ou mesmo exceder as expectativas dos clientes, trabalhando constantemente para garantir que os clientes estão satisfeitos com o produto ou serviço desde o início.

4. A Morte do Script Tradicional

Os scripts de vendas tradicionais, tendencialmente, transformam os agentes em autênticos robôs, o que torna o diálogo com os potenciais clientes menos pessoal e convincente. No entanto, o foco começa a passar para os scripts mais personalizados, que permitem ajustar a abordagem de acordo com o cliente. Os dados tornam-se assim a nova chave para as vendas. Com um software de contact center que permita integrar ferramentas de negócio, como o sistema de CRM, poderá garantir que as suas equipas têm acesso às informações mais relevantes sobre os clientes e que podem personalizar a sua abordagem utilizando esta informação. A personalização dos scripts de vendas é uma das novas (e muito aguardadas) tendências.

5. Acompanhar a Tecnologia

Atualmente, estamos a assistir a uma mudança na forma de vender e gerar negócios, que está a passar de um contacto mais pessoal ou via telefone para um modelo de vendas com uma vertente mais online. As fronteiras começam a esbater-se e as empresas podem utilizar diversas ferramentas para demonstrar os seus produtos a qualquer pessoa do mundo. A utilização de um software de contact center que consiga integrar um sistema de CRM, redes sociais, helpdesk e chat, consegue oferecer uma visão global sobre os clientes, alterando aquilo que sabemos e a forma como olhamos para os clientes. Esta informação é utilizada para aprimorar a abordagem e corresponder às necessidades e às expectativas dos clientes. As redes sociais começam também a tornar-se autênticas plataformas de vendas, quer pelos pontos de conversão direta para venda que começam a oferecer, quer pelo simples facto de os clientes passarem lá grande parte do seu tempo. As empresas podem assim aproveitar para criar uma abordagem de vendas mais pessoal. Todos estes novos avanços na tecnologia permitem às empresas gerar mais envolvimento com os seus potenciais clientes, desenvolvimento uma abordagem mais direccionada e personalizada.

6. A Fusão do Marketing e das Vendas

Nas conceções mais tradicionais, existe uma distinção clara entre o marketing e as vendas. Com o mundo cada vez mais digitalizado, estes dois domínios começam a fundir-se cada vez mais. Será que isto significa que estamos a perder o lado mais tradicional das vendas? Não. Significa apenas que começa a existir a necessidade de os profissionais de vendas e marketing combinarem as suas forças e trabalharem em conjunto para otimizarem as abordagens de vendas e marketing, em especial no mundo online. Por isso, preparem-se para colaborar e conquistar!

Estas tendências têm facilitado significativamente o melhoramento do processo de venda. Os melhores dos melhores são agora mais eficientes, eficazes, e conseguem criar relações mais personalizadas e pessoais com os seus clientes. Esta mudança já começou e vai continuar a progredir, enquanto as empresas adotam estes conceitos e seguem as novas tendências.

E na sua empresa, a estratégia de vendas tem sofrido alterações ao longo dos últimos anos? Partilhe connosco na secção de comentários, teríamos muitos gosto em saber a sua opinião. E como sempre, muito obrigado por ler o nosso blog.

Acompanhe todas as novidades na área de Customer Experience. Subscreva já o CX Blog!